3

Procuro candidato a vereador e prefeito com saúde e físico e olhos perfeitos casado com mulher com essas qualidades e que tenham filhos biológicos menores de 21 anos para tratar e tenha ficha limpa no SPC polícia e fórum e se comprometa a trabalhar em regime de dedicação exclusiva.

Brasil está condenado a pobreza devido a inexistencia de Comunistas Verdadeiros porque apesar de Karl Marx determinar que religião é opio do povo temos um candidato a Prefeito que promoveu homenagem ao islamismo no Congresso Nacional , o Wadson Ribeiro e temos comunistas falsos defendendo direitos de moradores de rua gays e lesbicas e desempregados e pobres e presidiários, padres e religiosos e condenando discursos de Bolsonaro a favor de controle da natalidade dos pobres e  contra cotas raciais silenciando ao invés de condenar acumulo de cargos publicos por exemplo presidente da republica , deputados e vereadores acumulando seus cargos com cargo de militar reformado ou policiais aposentados. Deviam condenar jornada de trabalho inferior a 40 horas semanais de funcionários publicos. O  Padre Lances lote elogiados pelos socialistas e comunistas falsos é um solteirão sem filhos que certamente optou por ser padre devido a ter micropenis funcional apenas para urinar .

Peço a todos a todos que planejam votar em Professor ou funcionario públicos civil ou militar para visitar e divulgar os  meus sites.  Por exemplo Gilson Reis PcdoB e Antonio Almeida PCB e Dirlene Marques PSol . 

 

 Nós, Comunistas Verdadeiros devemos aceitar que o nosso inimigo o repugnante Jair Bolsonaro ,o qual já disse várias vezes , que é a favor do controle da natalidade dos pobres  e é contra cotas raciais ,não é idiota e nem vagabundo e  nem parasita e nem psicopata como divulgam os Socialistas falsos . Socialistas e Comunistas Verdadeiros devem combater os falsos por exemplo os socialistas falsos  do site www.facebook.com/EsquerdaTorresmo.   Assista a live para verificar que nosso inimigo tem qualidades :

   

Nos, Comunistas Verdadeiros também devemos apoiar controle da natalidade dos pobres  e combater cotas raciais e combater qualquer acumulo de cargos públicos por exemplo cargo de deputado ou vereador eleito com cargo de militar ou policia reformado ou  aposentado e combater jornada de trabalho inferior a 40 horas semanais sem diminuição de salário.

 A Empresa WWW.BIBLIOTECAPUBLICA.NET  CNPJ  23 270 631 / 0001 -26 pede doação de livros e revistas para serem adesivados com Fórmula para Combater as Doenças e pobreza e repassados  a quem pedir.

https://trabalhadores.net/sindicato-dos-desempregados-e-sub-empregados

https://trabalhadores.net/sindicato-dos-proprietarios-de-imoveis

A verdadeira alquimia é adotar sabedoria para converter o aparentemente negativo em campos de forças construtivas -Artigo do Fundador do Jornal O TEMPO
Eu, Paulo Trindade fundei a "FRATERNIDADE MAÇONICA UNITARISTA GEOMETRIA ,ESQUADRO E COMPASSO FOICE E MARTELO" E PROCURO "IRMÃOS' E "IRMÃS".   

Visite : www.facebook.com/trabalhadores.net

ATEUS E ATIVISTAS DO ATEÍSMO E MULHERES E COMUNISTAS VERDADEIROS SÃO BEM-VINDO

Somente serão aceitas pessoas com as seguintes características :
1- Com saude , físico e olhos perfeitos COM  FILHOS biológicos  ou sem filhos,
2- Com saude , fisico e olhos imperfeitos SEM FILHOS biológicos .
3 - Pessoas que não tenham as características citadas que tenham permissão do Fundador dessa Loja Maçonica.

Esse grupo tem por objetivos:
1 -Conseguir trabalho para os "irmãos" ou conseguir melhores trabalhadores para os " irmãos" Empregadores.
2 - Distribuir a "FÓRMULA PARA ACABAR COM POBREZA E CRIMES" elaborada pelo fundador desta Loja Maçonica.

3- Fazer mobilização politica :

A favor de Partido Único Não-Eleitoral e regime Parlamentarista de governo

A favor de jornada de trabalho de 40 horas semanais e 8 horas diárias para todos os funcionários da Administração Pública e Empresas Estatais

A favor do "JUS POSTULANDI" ( Justiça Sem Advogado) Em nove paises europeus qualquer pessoa pode atuar nos tribunais sem advogado em causa própria em todas as áreas do Direito inclusive criminal..

A favor de Ensino a Distancia de Ciencias Jurídicas e de cursos de primeiro e segundo grau. Os estudantes fazem prova e sendo aprovados adquirem a graduação.

A favor de Emenda Constitucional proibindo qualquer tipo de acumulo de cargos públicos. Exemplo : um capitão reformado que seja eleito presidente da republica ou vereador deverá renunciar ao pagamento de sua aposentadoria como militar ou vereador .

Contra cotas raciais em concursos públicos.

Contra os MAÇONS DISCIPULOS DE LÚCIFER

 

NÓS COMUNISTAS VERDADEIROS DEVEMOS APLAUDIR ESSE CORAJOSO DISCURSO DO BOLSONARO Capitão reformado aos 33 anos. Infelizmente ele , o Haddad , a comunista falsa Manuela e o Juiz Moro e o Lula  ainda não fizeram discurso contra acumulo de cargos públicos ou acumulo de proventos de aposentadoria ou reforma de funcionário público com salário de deputado , ministro ou vereador , ou contra  jornada de trabalho inferior a 8 horas diárias. 
Proprietários de imóveis de todo o mundo ! UNI-VOS !  Colaborem no Combate aos proletários desonestos e aos Comunistas falsos.  Vamos construir a  Democracia Verdadeira com Partido Único Não-Eleitoral

O BRASIL PRECISA DO PARTIDO UNICO NAO-ELEITORAL DOS TRABALHADORES PARA IMPLANTAR O PARLAMENTARISMO E NOMEAR LULA PRESIDENTE . PROPONHO QUE  QUE SEDE SEJA NA RUA PADRE EUSTAQUIO, 249 TELEFONE  309-4500 antiga sede do PSB   Não se trata de um partido eleitoral, e por isso não participa do processo eleitoral, designando ou propondo candidatos ou realizando campanha a favor de determinados candidatos. Esse Partido se apóia em cinco pilares de uma democracia genuína e verdadeira, a saber:

  • O povo propõe e nomeia livre e democraticamente os seus candidatos.
  • Os candidatos são eleitos mediante voto direto, secreto e majoritário dos eleitores.
  • O mandato dos eleitos pode ser revogado pelo povo a qualquer momento.
  • O povo controla sistematicamente os eleitos.
  • O povo participa com eles da tomada das decisões mais importantes.

Fraternidade maçónica

Esta será a minha primeira colaboração neste “Blogue” que considero como um “esclarecedor”, para quem o frequenta e lê, do que é e deve ser a Ordem “Discreta” da Maçonaria em Portugal. Assim resolvi apresentar um pequeno “Artigo” sobre um tema que eu considero de possível interesse para um leitor interessado nestes assuntos. O titulo será:

FRATERNIDADE MAÇÓNICA

Quando se fala de “Fraternidade Maçónica”, para mim, tem um significado muito mais para “além” de considerarmos os maçons de: Todos Irmãos!

Consideramos como são “Irmãos”, porque foram “escolhidos” para tal, onde, alem do sentimento fraterno de irmão para irmão, como se tem com um irmão de família, neste caso são escolhidos, não por razões familiares, mas sim por poderem ter “potencialidades” de atuar, fazer, ou dar, não só “Amizade”, não só “Conforto”, não só ”Caridade”, não só “Amparo”, mas antes e ainda mais, que algo que está inerente a qualquer pessoa bem formada vivendo em comum! Devemo-nos lembrar dum lema, também utilizado num movimento de solidariedade e, emprestado aqui, que é: “Dar de si, antes de pensar em si”!

Não é fácil! É mais fácil dizê-lo, do que fazê-lo!

Por isso é que em Maçonaria, vai-se interiorizando, passo a passo, os conceitos de “fraternidade”, não só os discutindo, mas “estudando-os” sobre os mesmos, como ainda, desvendando os símbolos que são apresentados aos poucos na “loja” que é a sala em que se reúnem, de “Grau” em “Grau”, de modo a podermos melhor absorver, discutir e progredir!

É um “Caminho” longo, persistente, mas necessário! Motivo porque alguns dos “Irmãos”, desistem a meio ao se aperceberem que nas ditas Reuniões em Loja, as discussões que surgem, os passos com que se avança, são mais longos e complexos do que fossem simples reuniões de amigos que têm alguma coisa em comum como: pertencer ao mesmo clube desportivo, pertencer à mesma religião, ou pertencer à mesma política! Não, é muito mais do que essas intenções associativas! Como tal, só alguns são escolhidos e só alguns é que permanecem nessa busca “mais elevada”, “mais profunda” e mais “responsável”!

A “Fraternidade” ensina-se, educa-se, responsabiliza-se e dá o fruto de se ser “Bom”, “Saudável de Espírito”, “Útil para a Sociedade” onde se vive e que nos rodeia e, ao mesmo tempo, dá o consolo de se ter sido escolhido como irmão “válido” durante o breve tempo que permanecemos neste Mundo que nos rodeia!

A autoanálise que se procura, auxiliada pelos ditos “Irmãos” mais antigos e experientes, vai ajudar nesta progressão de autoconhecimento, autoformação benéfica não só para o próprio mas também será compartilhada com todos os outros “Irmãos” e com a Sociedade onde se vive, incute uma “Sabedoria” progressiva, válida para o próprio e para quem se convive!

Lisboa, 24 de Julho de 2017

Luís Rosa Dias (Mestre Maçon)
Publ

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Condições Para Ser Maçon!

“Erros são, no final das contas, fundamentos da verdade. Se um homem não sabe o que uma coisa é, já é um avanço do conhecimento saber o que ela não é” (Carl Gustav Jung).

Maçonaria – A Maçonaria agrega um grupo de iniciados que, além de amarem o próximo, amam-se a si mesmos, evoluindo mentalmente, na incessante busca do saber.

Toda instituição que recebe seus adeptos por meio do processo iniciático foge do comum, pois, existindo uma “selecção”, a Maçonaria ocupa-se dos problemas superiores, fugindo do vulgar.

interrogacao_1298O maçon, como elemento componente da instituição, por sua vez, deve comprovar pertencer a uma entidade selectiva e destacar-se do mundo profano, por exemplo.

Reconhece-se o maçon mais pela conduta.

O maçon foi “escolhido” mercê da vontade do Grande Arquitecto do Universo, que é Deus, entre milhares de pessoas; é um “destaque” e por esse motivo ele faz jus às benesses que a Maçonaria dispensa.

O Maçon deve, a todo o momento, ser grato por ter sido “chamado” e demonstrar essa gratidão pelo seu viver.

O que a Maçonaria lhes oferece? – Pela dedução de suas Leis, a Maçonaria não oferece nenhuma outra vantagem aos seus filiados, senão a que se relaciona com a solidariedade, a amizade fraterna e o levantamento moral de suas personalidades.

A solidariedade e a Verdade – Os elementos da amizade fraterna são nossos pontos perfeitos: a obrigação de deixarmos nosso próprio caminho para servir a um Irmão merecedor; a obrigação de sempre nos lembrarmos de nosso Irmão em nossas meditações; a obrigação de mantermos sigilo; a obrigação de ajudar um Irmão e de proteger seu bom nome; e finalmente, a obrigação de prevenir um Irmão da presença de um perigo. Nós oferecemos essa obrigação moral àquele que estiver disposto a manter reciprocidade.

A solidariedade não corresponde, necessariamente, à ajuda material. Ela pode ser uma mão ou um ouvido amigo, um favor ou uma palavra encorajadora. O compromisso subjacente é o de uma disposição de ajudar a outro Maçon, ou sua família, com o mesmo nível de consideração que seria demonstrada em relação a um irmão natural. Nós podemos oferecer esse compromisso àquele disposto a manter mutualidade.

A Verdade é um dever e uma medida de valores que nos é confiada. Cada um dos três Graus da Maçonaria Simbólica ensina, por preceitos, alegorias e símbolos, as virtudes da justiça, fidelidade, temperança, coragem e prudência, tudo o que temos para sermos verdadeiros – verdadeiros ontem, verdadeiros hoje e verdadeiros amanhã. Nós estamos dispostos a compartilhar as lendas, as alegorias e símbolos que as ilustram, com aqueles que estiverem dispostos a praticar as virtudes que elas representam.

Amizade fraterna, solidariedade e verdade exigem actividades e compromisso pessoal. Temos que fazer algo para colocá-las em prática. A Maçonaria pode dar aos homens uma oportunidade de fazer algo para melhorar a si mesmo na busca daquelas verdades. Devemos demonstrar-lhe que os princípios maçónicos oferecem um modo de pensar e um modo de viver.

Temerários – aqueles que porventura intentem marchar para seus Templos visando interesses pessoais ou alimentando esperanças alheias aos fundamentos do referido ideal, deverão ser evitados, porque, ou se enganarão redondamente ou irão se decepcionar em pouco tempo de estada nas suas fileiras.

Todos os maçons, de qualquer grau, têm por dever precípuo observar e fazer observar as Leis Maçónicas e Regulamentos Vigorantes. Sob um prisma todo especial, são métodos que ensinam tudo que possa dizer respeito à família, à honra, à ciência, ao princípio de liberdade e a todas as ideias elevadas, às grandes concepções e todas as iniciativas de indiscutível grandeza moral.

Livres e de bons costumes – É a condição exigida para que um profano ingresse na Maçonaria por intermédio da Iniciação.

Não basta o candidato ser politicamente livre; não basta que tenha um comportamento moral comum. A Maçonaria proclama que a sua filosofia tem por base na tradição, nos usos e costumes; portanto, “costumes” não é um mero comportamento, uma moral de conduta, mas sim um universo de práticas que conduzem o ser humano a uma vida espiritual.

O candidato deve comparecer à Iniciação com uma disposição quase de “amar a seu futuro irmão” como a si mesmo. Isso exige um comportamento para com seu próprio corpo, para com sua própria alma e para com o seu espírito.

Ser livre e de bons costumes constitui uma exigência de maior profundidade do que parece à primeira vista; seria muito cómodo aceitar um candidato que politicamente é livre, pois não há mais escravidão no mundo; ou que, penalmente, não se encontre preso, cumprindo alguma pena.

Livre e de bons costumes é a característica do maçon e ele deve fazer jus a essa benesse. Todo o maçon, mesmo antigo na Ordem, tem o dever de se manter “livre e de bons costumes”.

A iniciação – significa a “aceitação” para fazer parte do grupo, posto que possa ser definida como “princípio”, é a expressão peculiar para as cerimónias e ritos secretos, místicos e espirituais.

O principal é ter equilíbrio e evitar o fanatismo; o maçon é um Iniciado permanente; mesmo que se afaste de sua Loja, a Iniciação não sofrerá abalo; é como o sacerdócio, in aeternum.

A Maçonaria sempre adoptou a Iniciação como meio de seleccionar seus filiados.

Liberdade, Igualdade e Fraternidade – Apesar de inserido no lema da Maçonaria, o mundo ainda não conseguiu definir a igualdade e a liberdade, e muito menos a Fraternidade.

Igualdade – Nossa Constituição afirma que todos são iguais perante a lei; contudo, um menos favorecido da sorte não encontra vaga nos colégios para seus filhos em idade escolar; um pobre enfermo bate às portas dos hospitais em vão; não há oportunidade para o trabalho; o lazer e a diversão não são distribuídos equitativamente; o que é benesse não é dado aos pobres. Um pobre que apenas consegue subsistir porque ganha somente para a escassa alimentação, não pode fazer parte do maravilhoso preceito constitucional de igualdade. Uma igualdade injusta não é igualdade.

Um maçon deve cultivar a igualdade como se fosse uma virtude! As diferenças sociais ferem e aviltam; a operacionalidade maçónica detém-se, também, nesse campo.

Liberdade – Nada há mais perigoso que esse conjunto de nove letras, porque frequentemente, em nome da liberdade, cometem-se os mais hediondos crimes. A liberdade exige um conjunto de acções complementares; uma falsa liberdade oprime e desajusta, desequilibra e desilude.

Fraternidade é uma associação fraterna usada para demonstrar que todos os homens podem conviver como se fossem Irmãos da mesma carne.

Maçonicamente interpretando, a Fraternidade apresenta-se de vários modos: a Fraternidade de uma Loja; a Fraternidade em uma Ordem; a Fraternidade Universal, também designada de “Fraternidade Branca”.

O candidato que passa pela Iniciação maçónica ingressa após a sua aclamação em Loja, na Fraternidade maçónica, nos seus vários aspectos e de modo permanente.

A Fraternidade implica obrigações e direitos; a parte ética e de comportamento é muito importante. São admitidas pequenas rusgas, como sucede dentro de uma família, mas com a obrigação de serem passageiras.

O maçon tem o dever de tolerar esses incidentes e perdoar se eles tiverem sido mais intensos.

Concluindo, de tudo o que expusermos acima, temos a dizer que a Maçonaria não tem objectivo nem a pretensão de convencer alguém a alguma coisa, pois sabemos todos nós que ninguém convence ninguém a nada, cada um é que se convence por si só.

Tudo o que contraria o bom senso e a lógica ou que seja contrário à prática do bem não é Maçonaria.

Valdemar Sansão – M:. M:.